02 julho 2007

TI x Informática

Tenho visto muitos casos onde empresas não sabem lidar com TI, geralmente empresas pequenas e médias. Quando eu digo lidar com TI, quero dizer que não sabem de tudo o que a tecnologia pode lhes oferecer para melhorar, principalmente, a eficiência e a qualidade de produtos e serviços da empresa.

Essas empresas, ou mais especificamente seus administradores, conhecem somente a Informática e não conhecem nada de Tecnologia da Informação. Por quê estou diferenciando esses termos? Bom, para mim, informática é somente um punhado de hardware e software utilizados para realizar tarefas rotineiras, são ferramentas de trabalho somente. Já a Tecnologia da Informação podemos definir como sendo a ciência de otimizar o uso de hardware e software para aumentar a eficiência e a qualidade de produtos e serviços, e não estou falando somente de produtos e serviços tecnológicos, todas as áreas (inclusive manufaturas) podem se beneficiar com TI. Essa é a minha opinião, alguém discorda??

O fato que melhor demonstra como cheguei à conclusão de que muitas empresas não sabem lidar com TI é a preocupação em investir em TI. É comum ver em pequenas e médias empresas equipamentos de informática totalmente obsoletos, tanto hardware como software. Geralmente a mentalidade dos administradores dessa empresa é de que os equipamentos devem ser usados enquanto estiverem funcionando, mesmo que seja um Pentium 100 MHz com Windows 98 instalado (sim, isso ainda existe, conheço casos atuais). Como devem imaginar, um computador nessas condições é o que chamamos de uma verdadeira "carroça", podendo ser considerado uma ferramenta de castigo para quem o utiliza. E o que leva uma uma empresa a manter computadores nessas "qualidades" em pleno funcionamento? Eu ainda não consigo entender, mas acredito que seja uma completa ignorância dos administradores nessa área, que os levam a pensar que informática é somente uma ferramenta de trabalho. Computadores antigos em empresas só geram prejuízos, e computadores no nível do acima citado não existem mais, hoje no Brasil, nem nos lares mais humildes, sendo inaceitável a permanência em empresas. Só como nota, não é recomendado utilizar os computadores por mais de 3 anos em uma empresa.

Como disse, computadores antigos só geram prejuízos. Como? Bom, em primeiro lugar, computadores antigos não têm capacidade de processamento suficiente para executar de forma cômoda os aplicativos mais atuais, sendo desaconselhado não fazê-lo. Como nem sempre esse conselho é seguido, o usuário de um computador desses é obrigado a trabalhar com aplicativos cada vez mais pesados, e as vezes não só 1, mas vários (já vi coisas bizarras nesse sentido). O computador fica facilmente sobrecarregado, levando vários minutos para executar uma tarefa simples. Enquanto o usuário fica apenas esperando essa tarefa ser executada , ele vê mais trabalho chegando para ele e recebe cobranças por seu trabalho ser demorado. Só aqui temos 2 prejuízos: lentidão na realização das tarefas e stress para o usuário, o que pode leva-lo ao afastamento temporário de suas atividades por problemas de saúde.

Outro grave problema gerado por manter computadores muito velhos em empresas é que o pessoal de suporte (isso se houver alguém dedicado a suporte na empresa) irá dedicar muito de seu tempo tentando resolver os problemas gerados por esses computadores, que tendem a apresentar mais problemas exatamente por terem muito tempo de uso. Além disso, sempre serão necessárias peças de reposição para resolver alguns problemas, que nem sempre são encontradas. Juntando tudo isso temos um alto custo em manter computadores antigos funcionando, que é muito mais alto do que a aquisição de novos equipamentos.

O problema é que não existe uma maneira fácil (se é que existe alguma maneira) de contabilizar esses gastos. Isso dificulta muito o trabalho de demonstrar que é inviável a manutenção desses equipamentos, e que comprar equipamentos novos é muito mais barato. Mas até hoje não entendi o por que é tão difícil mostrar isso a alguns administradores, mesmo quando falamos que podemos economizar dinheiro eles não dão ouvidos. Sendo assim, nesses casos temos que insistir muito até conseguir fazê-los compreender.

Como podemos ver, apenas em relação a atualização de computadores, já temos um grande problema caso os administradores não tenham noção sobre TI.

Mas será que a culpa de se ter equipamentos tão velhos numa empresa é somente dos administradores? A resposta é um sonoro NÃO. Os responsáveis pela informática na empresa têm grande parte da culpa, já que não correram atrás dos administradores em busca de investimentos. Mesmo que convencer algumas pessoas a investir seja uma tarefa árdua, temos que ser persistentes, caso contrário seremos um dos culpados pelo parque de computadores terem ficado desatualizados.

Mas isso é muito básico. Atualização de equipamentos são atitudes primarias a se tomar quando se utiliza informática para se trabalhar. Precisamos buscar sempre novas formas de utilizar os recursos de informática para melhorar o trabalho, produtos e serviços de uma maneira geral, se possível, até mesmo criando novas tecnologias. Precisamos ter a mentalidade de que tudo pode ser melhorado, e a TI possibilita isso.

3 comentários:

Edinho_slack disse...

Olá, prezado!
Li sua opinião sobre o artigo "TI x Informática" e digo-lhe que concordo em parte com o seu conteúdo.
A minha divergência da sua opinião é quando tratamos de uso de PCs antigos em empresas nos dias de hoje.
De certo, se tais PCs forem usados como máquinas stand alone com diversos aplicativos instalados como um PC atual faria com certeza esta prática seria, no mínimo, condenável.
Mas a própria TI nos fornece soluções e opções de otimizar o uso de PCs antigos para realizar tarefas rotineiras com softwares atuais. Exemplos de otimização são as tecnologias LTSP, PXE, Etherboot, uso de PCs como terminais burros para trabalhar remotamente sobre diversos protocolos (como SSH, RDP, CITRIX, XDMCP, etc). ALém de economizar com aquisição de PCs novos para realizar tarefas do dia-a-dia ainda temos a vantagem de ter maior controle sobre o que pode ser disponibilizado ao usuário, já que a administração do serviço ficaria centralizada.
No mais, concordo com gênero, número e grau com o teor de seu post.

Amplexos.

Edwi Oliveira Santos Feitoza - edwi.slacker em gmail.com

tiago_stos disse...

Bom Edinho_slack, primeiramente desculpe a demorar para postar uma resposta (a você e a todos que me visitam), mas devo discordar de você em um posto.

Realmente da para utilizar alguns PCs antigos como terminais burros, mas alguns estão tão velhos que o risco de "ficar na mão" com eles é multo alto, já que eles já estão "fazendo hora extra" :-), além de precisar de uma infra-estrutura maior de servidores e rede para se utilizar esses trminais.

No mais, é muito interessante a idéia de terminais burros.

Anônimo disse...

Boa tarde amigo.

Concordo plenamente com sua postagem.
Trabalho em uma empresa de suporte, e cara, cada dia que passa eu me surpreendo mais e mais, cada caso que aparece.
Existe por exemplo um cliente dela que usa 98 e acha que é os "TOP DA BALADA".
Utilizam umas máquinas velhas, tipo já a 25 anos, e querem que o Windows 8.1 funcione normalmente.

É pra rir de uma situação dessa.

Uma situação que também me aconteceu esses tempos atrás, foi alguns funcionarios da equipe que trabalho rirem de mim, quando pediram para que eu formatasse uma máquina com disquete, exatamente isso DISQUETE, e eu não sabia. Naquele momento eles riram tanto de mim... mas eu me sobressai, quando perguntei de alguém sabia programar, se alguém ali sabia criar uma procedure... Pornto, todo mundo se calou.

Fui estagiario em uma instituição financeira, e lá conheci o que era TI. Aquela que não é custo, mas sim valor. Aquela que agrega ao negócio. Aquela que ajuda. Ti deixou de ser um departamento fundo de quintal a muito tempo e passou a ser parceira do negócio.

Ainda estou aqui, trabalhando nessa "sucateira da informatica", mas estou a procura de um novo horizonte.

Abraço.

Obs: Não me identifiquei, já que rasguei o verbo, e não to afim de BO kkkk mas passa seu e-mail para trocarmos conhecimento nessa questão.